Planeta Terra 2008: como foi?!

12 11 2008

O Planeta Terra desse ano rendeu. Fui convidado para ser um dos blogs embaixadores, escrevi vários posts, ganhei alguns convites, curti o show muito bem acompanhado e gostei.

 

Poderia ter feito este post na segunda ou ontem, mas infelizmente não tive o tempo suficiente para escrever com calma e cuidado. Mas vamos lá, nunca é tarde para dizer em algumas palavras o que eu achei do Planeta Terra Festival 2008.

 

Cheguei por lá um pouco antes do show do Jesus and Mary Chain. Fui com o carro abarrotado, já esperando o preço salgado do estacionas. E como não podia variar: 30 mangos para parar o carro. Dividimos o montante e manobramos o Brandãomóvel.

 

Mas o preço aplicado rendeu um serviço bem feito. Tanto para entrar como para sair, o esquema foi tranqüilo, além de ser perto dos portões de entrada do Villa dos Galpões.

 

Falando do lugar, o pico é incrível. Grande pra caramba, estiloso e como não choveu, as 15.000 pessoas puderam passear por lá na maior tranqüilidade. Já tinha passado pelo local na gravação do comercial, mas ver o pico todo decorado e com os palcos montados, foi uma grata surpresa. Tava tudo muito bem arrumado.

 

Sem aglomerações absurdas, bares lotados ou banheiros em má estado. E esse foi outro ótimo ponto: o chão de onde os banheiros químicos estavam foi coberto por folhas de eucalipto (eu acho). O odor era bem agradável. De verdade. Nem parecia banheiro químico, principalmente pra mim, jovem acostumado a banheiros em estado deplorável.

 

Breja a quatro mangos nos bares e cinco mangos nos quiosques. Acho que três reais seria mais justo, mas vá lá, deu pra tomar algumas. A loira era Skol.

Sem filas para comprar as fichas e sem filas para resgatar a geladinha no bar. Tudo tranqüilo. Mais um ponto positivo.

 

Logo quando adentrei, mais uma vez sem complicações e com a ajuda dos monitores que estavam na rua, me dirigi ao palco principal, mais conhecido como Main Stage. Jesus and Mary Chain tinha acabado de começar o seu show.

 

terra04

 

Ouvi o que era esperado: um rock meio anos 80/90 de qualidade. Um vocal afinadinho e uma banda ensaiada. Não sou e nunca fui um apreciador do som dos caras, mas dava pra ouvir numa boa. Alguns acordes me soaram familiares e até cantarolei alguns versos. Show bacana, honesto e bem ao estilo deles: sem muito bla-bla-bla, o nosso negócio é música.

 

Acabou o show e fiquei por lá, no palco principal. Andei pra mais perto do palco, comprei mais algumas cervejas e senti até uma certa ansiedade pelo Offspring, banda que era muito presente na minha adolescência. Tinha dois cd’s dos caras e os ouvia direto: Smash e o Americana.

 

 

terra05

Os caras entram e destilam o mais fiel Skate Rock que você pode ouvir. Uma viagem para os anos 90 e sem dúvida, muito gostosa. Foi um festival de hits em ritmo acelerado, algumas piadas e três guitarras em uníssono. Muito bacana. Não é um rock moderno nem atualizado, mas se o festival tivesse terminado após o fim do show do Offspring, para mim pelo menos, já teria valido a pena.

 

terra03

 

Bora comprar mais umas geladas e esperar o terceiro show da minha noite: Bloc Party. Tinha um pé atrás com os ingleses devido ao VMB, mas cabeça aberta, eles devem ser simpáticos, bons e interessantes. Ledo engano. O show dos caras é experimental de forma exagerada, chato, cansativo e cada música parece ter 10 minutos. Na metade me mandei pro palco Indie sacar o som do Breeders. Boa escolha.

 

terra02

 

As irmãs mandaram um show pra lá de animado, galera cantando junto, som ensurdecedor e vibração muito boa. Não conhecia as músicas, mas 40 minutos de som já foi o bastante para chegar em casa e baixar algumas canções da banda. Vale a pena conhecer! Muito legal. Acabando o show voltei correndo para o Main Stage, mais algumas cervejas e me instalei para curtir o show do Kaiser Chiefs.

 

terra01

 

Cara, que animal. Essa é a minha expressão para o melhor show da noite!

Os ingleses, especialmente o vocalista Ricky Wilson, dominam o público de uma forma muito interessante e especial.

 

Destilaram sucessos dos seus três discos e em uma hora e 15 de BritPop, encerraram o Planeta Terra 2008 com uma baita chave de ouro. Ponto alto da noite, sem dúvida. Virei fã dos caras. Sou apaixonado por bandas que possuem energia no palco e isso, o Kaiser Chiefs tem muito! Excelente!

 

Pronto! Acabou! Tempo para mais uma cerveja, se dirigir ao carro, parar no Fifties para comer e voltar pra casa com a certeza que o Planeta Terra se firmou como o melhor festival de Sampa. Tanto na seleção quanto na organização do evento.

 

Espero estar por lá ano que vem.

 

Agora, um singelo agradecimento: muito obrigado ao pessoal da Dudinka que me chamou para cobrir o evento. Valeu muito a pena! Fiz o possível no tempo livre que tenho para atualizar o blog. Espero que tenham gostado.

 

E você que não foi, pode encontrar mais releases nos blogs embaixadores do Planeta Terra 2008 que são esses:

  

http://bloodypop.wordpress.com/ 

http://www.simviral.com/

http://indieoteca.blogspot.com/

http://casadanarcisa.wordpress.com/

http://www.meradoxa.com/

http://www.fonterosa.com/

http://lalai.net/

http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com/

http://popscene.blogsome.com/

http://cegossurdoseloucos.com/

http://www.interney.net/blogs/chiqueirochique/

http://olhometro.com/

http://www.puropop.blogspot.com/

http://rock-o-matic.blogspot.com/

http://www.tarjapreta.org/blog/

http://rockdeindio.com/fsp/

http://www.outrosolhos.com.br/

http://www.afestanuncatermina.com/

http://movethatjukebox.com/

http://azaroseuquerida.com/

http://indiecentmusic.com/

http://www.putzcaramba.blogspot.com

http://gomademascar.net

http://www.judao.com.br/

http://djbezzi.wordpress.com/

Valeu rapaziada!

Até a próxima!

 

Brandão – Muito Horrorshow!

 

No iPod toca: Perdido En Un Barco – Maná

O tempo lá fora é de: tarde agradável.

Anúncios




Planeta Terra 2008: mais ingressos para você!

5 11 2008

Olha aí rapeize, mais chances de você faturar ingressos pro Planeta Terra 2008! É só visitar um dos blogs abaixo e participar das promoções que eles criaram.

 

Boa Sorte!

 

  1. Olhômetro
  2. Rock de Índio
  3. Casa da Narcisa
  4. Cegos, Surdos e Loucos
  5. Lalai Loaded

 

Fui!

Brandão – Muito Horrorshow!

 

No iPod toca: Terra de Gigantes – Engenheiros do Hawaii

O tempo lá fora é de: Calor com feijoada.





Planeta Terra 2008: você pode ganhar ingressos!

5 11 2008

E aí rapaziada, quem quer faturar ingressos para o Planeta Terra 2008?

Aposto que são muitos! Afinal, como já disse aqui e todo mundo já sabe, os convites já se esgotaram.

 

Mas não se desespere, você ainda pode ir sábado, na Villa dos Galpões, conferir shows imperdíveis. É só assistir aos filmes da campanha do Planeta Terra 2008 que estão aqui e depois responder a seguinte pergunta:

 

De que forma você terminaria essa história?

 

Você escreve sua resposta clicando aqui.

Daí é só começar a torcer, serão dez pares de convites para os mais criativos.

 

É isso aí tru! Boa sorte e nos vemos por lá!

Como bom blogueiro embaixador, estarei pirando o cabeçote nos palcos.

 

Fui!

Barack Obama

 

No iPod toca: C’mon Girl – Red Hot Chili Peppers

O tempo lá fora é de: Calor gostoso.





Planeta Terra 2008: The Offspring

31 10 2008

Agora sim rapaziada, com vocês: The Offspring!

 

País: EUA

Ano de Origem: 1984

Site: http://www.offspring.com

Integrantes: Dexter Holland (voz e guitarra), Greg Kriesel (baixo e voz), Kevin “Noodles” Wasserman (guitarra e voz) e Pete Parada (bateria)

Influências: Punk Rock, Skate Rock e Pop Punk.

Discografia:

         The Offspring (1989) – Relançado em 1995

           Sucessos: Blackball, I’ll be Waiting e Kill The President

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Ignition (1992) – Remasterizado em 2008

           Sucessos: Kick Him When He’s Down, a única canção lançada individualmente.

          Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Smash (1994) – Remasterizado em 2008

           Sucessos: Come Out and Play, Self Esteem, Gotta Get Away e Bad Habit.

          Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         – Ixnay on the Hombre (1997)

           Sucessos: All I Want, Gone Away, The Meaning of Life e I Choose.

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Americana (1998)

           Sucessos: Pretty Fly (For a White Guy), The Kids Aren’t Alright, Feelings, She’s Got Issues e Why Don’t You Get a Job?

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Conspiracy of One (2000)

           Sucessos: Original Prankster, Want You Bad e Million Miles Away.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         – Splinter (2003)

           Sucessos: Hit That, (Can’t Get My) Head Around You e Spare Me The Details.

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Rise and Fall, Rage and Grace (2008)

           Sucessos: Hammerhead e You’re Gonna Go Far, Kid – O disco é recente, somente estes dois singles foram lançados.

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

Curiosidade Horrorshow: a banda possui dois recordes pra lá de interessantes: é deles o disco mais vendido da história por uma gravadora independente, o Smash de 1994. E a música Why Don’t You Get a Job?, do disco Americana de 1998, é a faixa mais baixada da história da internet.

Foto Horrorshow:

 

No iPod toca: I’m So Tired – The Beatles

O tempo lá fora é de: frio pela manhã.





Planeta Terra 2008: os ingressos acabaram!

30 10 2008

É rapaziada, quem comprou comprou, quem não comprou não vai comprar mais.

http://www.ticketmaster.com.br/shwReleaseDetail.cfm?releaseID=2019

Os ingressos para o Planeta Terra 2008 acabaram. Agora, só nas promoções que irão rolar por aí.

 

Fiquem atentos!

 

Beijos,

Brandão – Ticketmaster

 

No iPod toca: Cadê Tereza – Farufyno

O tempo lá fora é de: bem agradável.





Planeta Terra 2008: The Jesus and Mary Chain

30 10 2008

Senhoras e senhores, meninos e meninas, com vocês The Jesus and Mary Chain!

 

País: Escócia

Ano de Origem: 1984

Site: www.thejesusandmarychain.org (fora do ar)

Integrantes: Jim Reid (voz), William Reid (guitarra e voz), Mark Crozer (guitarra), Phil King (baixo) e Loz Colbert (bateria).

Influências: Anos 60, Rock Alternativo, Noise Pop, Indie Rock e Pós-Punk.

Discografia:

         Psychocandy (1985)

           Sucessos: Never Understand, You Trip Me Up e Just Like Honey.

           Recepção da Crítica: Excelente. 5 estrelas de 5.

 

         – Darklands (1987)

           Sucessos: April Skies, Happy When It Rains e Darklands.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

        

         – Automatic (1989)

           Sucessos: Blues From a Gun e Head On

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

        

         – Honey’s Dead (1992)

           Sucessos: Reverence, Far Gone and Out, Sugar Ray e Almost God.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         Stoned & Dethroned (1994)

           Sucessos: Sometimes Always e Come On

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

        

– Munki (1998)

            Sucessos: Cracking Up e I Love Rock and Roll

            Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

Curiosidade Horrorshow: a banda criada pelos dois irmãos Jim e William Reid, foi uma das percurssoras do estilo Shoegaze, estilo surgido nos anos 80 no Reino Unido. As bandas reconhecidas como integrantes do Shoegaze, são aquelas onde os integrantes parecem tocar em um mundo particular, sem muito se preocupar com o público. Praticamente um bando de tímidos tocando guitarras barulhentas.

Foto Horrorshow:

 

No iPod toca: Forever – Kiss

O tempo lá fora é de: Bem agradável. Deve estar gostoso.





Planeta Terra 2008: 10.000 no seu Bolso!

29 10 2008

Vamos lá. Mais alguns pitacos sobre o Planeta Terra 2008.

Eu já tinha citado que a campanha para divulgação do Festival desse ano iria ser diferenciada. Seriam produzidos três filmes e somente o 1º seria veiculado na televisão, justamente o de menor duração.

Os outros dois, seriam alocados somente na rede mundial de computadores, conhecida como internet. Seriam primeiramente postados no blog oficial do festival e depois os blogs nomeados como embaixadores teriam a missão de divulgar os filmes. E eu sou um deles Brasil!

Os três filmes estão aí embaixo para vocês se divertirem. Mas o melhor rapaziada, é que o Terra vai dar 10.000 cruzeiros para quem produzir o melhor final para a história. Isso mesmo, 10.000 reais para o malucão que usar a cabeça e criar o melhor fechamento para o curta que o pessoal produziu.

Então se liga brou: assista os três filmes, coloque um cd do Offspring no mini system e elabore o seu roteiro. Depois é só convidar aqueles seus amigos que não tem mais nada pra fazer e filmar a sua história. Os 10.000 animaizinhos podem ser seus.

Os vídeos enviados serão avaliados por um júri composto por profissionais do Terra e da DM9, gente do mais alto escalão de nossa sociedade.

Participe! Mais tarde posto aqui o passo a passo de como você deve postar o seu vídeo.

Os filmes do Planeta Terra 2008:



 

Valeu!

Stanley Kubrick!

No iPod toca: Better Together – Jack Johnson

O tempo lá fora é de: calor gostoso!