Espaço JG Número 6 – Texto Pouco Objetivo I

31 10 2008

Sexta-feira, começo do querido final de semana, aquele clima gostoso, dia de pirata no Muito Horrorshow!

 

Boa leitura a todos!

 

No iPod toca: Easy – Faith No More

O tempo lá fora é de: friozinho pela tarde.

 

Texto Pouco Objetivo I

Por João Guilherme Pires

 

Premissa 1 – A Natureza é perfeita.
Ou, pelo menos, é isso que ouvimos por aí, certo? Amebas, nematelmintos, cordados, todos os seres, juntos, unidos nessa missão complicada que é sobreviver. Um produz oxigênio, outro gás carbônico, um come planta, outro come o que come planta. Um equilíbrio perfeito.

Premissa 2 – O homem faz parte da Natureza.
Isso você também já sabe. Afinal, os fósseis de Adão e Eva nunca foram encontrados. E a única serpente nessa história é a que ficava no meio das pernas do homo-erectus. Aliás, como ele ficava erectus com tanto pêlo e sem nem um sutiãzinho pra segurar a onda, não sei. Bom que ficou, senão eu não existiria. Fez-se o homo sapiens, via seleção natural e algumas baladas nas cavernas, e aqui estamos. Natureza pura.

Paradoxo 1 – Natureza Perfeita x Homem Imperfeito
Ok, temos a Natureza perfeita. O homem faz parte dela. Agora, e esse lance degradação do meio ambiente, escassez de recursos naturais, superpopulação e coisa e tal? Quer dizer, somos uma espécie agressora ao próprio ambiente que nos gerou. “Putz! Eu sou um tumorzinho safado, é isso?!”. Se for assim, os grandes desastres naturais podem ser os anticorpos hein, hein?

Plágio 1 – Isso já foi dito antes.
Eu sei. Inclusive tem um mano, James Lovelock, que afirma: o planeta é um ser vivo chamado Gaia. Bem que parece mesmo uma célula, diz aí? Agora, por que Gaia e não Mesquita ou Toni? Vou pesquisar. Depois.

Hipótese 1 – Somos apenas enzimas?
Se o Sr. Lovelock estiver certo todos nós que pertencemos a esse monstrão chamado Terra formos apenas partes específicas desse ser, eu e você somos, tipo, uma enzima! Sim, com papel, funções e razões específicas para existir. Por exemplo: eu faço anúncios com uma gostosa bebendo cerveja e coloco no bar. Aí o garotão vê e pensa que tomando aquela cerveja pode pegar uma gostosa daquelas. E, depois de algumas, acha a gordinha da mesa do lado uma gostosa daquelas. Logo lá estão eles perpetuando a espécie e, quem sabe, em 9 meses nasça uma enziminha. 

Choque e Indignação 1 – Ok, sou uma enzima, o que eu faço agora?
Nada! Continue vivendo sua vida, meu caro. Não importa o que escolher, você não é tão livre assim: há sempre um papel a ser cumprido no organismo. Fique na boa, economize água, polua menos, conheça enzimas diferentes, seja bom com as enzimas mais próximas, cuide da sua saúde enzimática, treine bastante para a hora de se multplicar. Aliás, interessadas, podem escrever para: enzima_sarada22x18@hotmail.com

 





Planeta Terra 2008: The Offspring

31 10 2008

Agora sim rapaziada, com vocês: The Offspring!

 

País: EUA

Ano de Origem: 1984

Site: http://www.offspring.com

Integrantes: Dexter Holland (voz e guitarra), Greg Kriesel (baixo e voz), Kevin “Noodles” Wasserman (guitarra e voz) e Pete Parada (bateria)

Influências: Punk Rock, Skate Rock e Pop Punk.

Discografia:

         The Offspring (1989) – Relançado em 1995

           Sucessos: Blackball, I’ll be Waiting e Kill The President

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Ignition (1992) – Remasterizado em 2008

           Sucessos: Kick Him When He’s Down, a única canção lançada individualmente.

          Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Smash (1994) – Remasterizado em 2008

           Sucessos: Come Out and Play, Self Esteem, Gotta Get Away e Bad Habit.

          Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         – Ixnay on the Hombre (1997)

           Sucessos: All I Want, Gone Away, The Meaning of Life e I Choose.

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Americana (1998)

           Sucessos: Pretty Fly (For a White Guy), The Kids Aren’t Alright, Feelings, She’s Got Issues e Why Don’t You Get a Job?

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Conspiracy of One (2000)

           Sucessos: Original Prankster, Want You Bad e Million Miles Away.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         – Splinter (2003)

           Sucessos: Hit That, (Can’t Get My) Head Around You e Spare Me The Details.

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

 

         – Rise and Fall, Rage and Grace (2008)

           Sucessos: Hammerhead e You’re Gonna Go Far, Kid – O disco é recente, somente estes dois singles foram lançados.

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

Curiosidade Horrorshow: a banda possui dois recordes pra lá de interessantes: é deles o disco mais vendido da história por uma gravadora independente, o Smash de 1994. E a música Why Don’t You Get a Job?, do disco Americana de 1998, é a faixa mais baixada da história da internet.

Foto Horrorshow:

 

No iPod toca: I’m So Tired – The Beatles

O tempo lá fora é de: frio pela manhã.





Bate nele, Rubinho!

31 10 2008

20 anos depois do primeiro título do Ayrton Senna do Brasil na Fórmula 1, finalmente o nosso país tem a chance de ver um novo campeão.

 

Bem amigos da Rede Globo, o nosso compatriota Felipe Massa tem que fazer 7 pontos a mais que o inglês bonachão Lewis Hamilton. Isso significa: o brasileiro ganhar a prova e o britânico chegar abaixo do 6º lugar.

 

Tarefa difícil você pode pensar.

Mas eu digo para você: ledo engano.

 

O blog Buzz (http://buzz.globo.com/buzz/) lançou a campanha e eu, amante das vitórias tupiniquins, não poderia ficar fora dessa. Com vocês, o mote do momento:

 

Bate nele, Rubinho!

 

A tarefa é fácil Rubens, use toda a sua criatividade e jogue o carro pra cima do clone do Robinho. Aí sim, Felipe Massa vai faturar o caneco e se isso acontecer, duvido que o Galvão não sofra um infarto ao vivo.

 

Não tem complicação, não existem perguntas, a missão é uma :

 

Bate nele, Rubinho!

 

 

E você? Tem um blog? Divulgue!

 

 

Até o próximo GP,

Jean Alesi

 

No iPod toca: It’s a Long Way to The Top (If you Want to Rock’n’Roll) – AC/DC

O tempo lá fora é de: friozinho pela manhã.





Upside Down Dogs!

30 10 2008

Mais um blog de fotos inusitadas.

 

http://upsidedowndogs.com/

 

O melhor amigo do homem visto em uma posição que não estamos acostumados a ver.

 

Boa navegação a todos!

 

Um latido,

Bandit!

 

No iPod toca: Beat It – Michael Jackson

O tempo lá fora é de: parece que tá gostoso.

 

 





Planeta Terra 2008: os ingressos acabaram!

30 10 2008

É rapaziada, quem comprou comprou, quem não comprou não vai comprar mais.

http://www.ticketmaster.com.br/shwReleaseDetail.cfm?releaseID=2019

Os ingressos para o Planeta Terra 2008 acabaram. Agora, só nas promoções que irão rolar por aí.

 

Fiquem atentos!

 

Beijos,

Brandão – Ticketmaster

 

No iPod toca: Cadê Tereza – Farufyno

O tempo lá fora é de: bem agradável.





Van Halen: Panama no Panamá!

30 10 2008

 

Como uma vez eu pirei com os meus amigos de faculdade (http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=195169):

 

Imagina o Van Halen tocando Panama no Panamá!

 

Juro, a galera ia ficar maluca.

 

No iPod toca: Panama – Van Halen

O tempo lá fora é de: bem agradável.





The Brokers With Hands On Their Faces Blog

30 10 2008

Na onda da crise financeira que anda rolando mundo afora, ficamos acostumados a ver nas capas dos periódicos, imagens de corretores pirando, surtando, ficando estressados e por aí vai.

 

E já era hora de alguém compilar as melhores fotos.

Mas agora os seus problemas acabaram:

http://brokershandsontheirfacesblog.tumblr.com/page/1

 

Um blog que registra as melhores fotos de corretores com as mãos no rosto em um claro momento de desespero. Ou quase isso.

 

Bom divertimento e como disse o meu amigo Eric, dono da dica, parece um Image Bank.

 

Até a próxima,

Tio Patinhas.

 

No iPod toca: Adeus Maria Fulô – Os Mutantes

O tempo lá fora é de: bem agradável.





Espaço JG Número 5 – Curtas I

30 10 2008

Sexta-feira passada eu estava impossibilitado de atualizar o blog, sendo assim o Espaço JG ficou ausente. Mas o texto dos últimos sete dias é este aqui que irei postar agora e, amanhã, voltaremos com a programação normal!

 

Obrigado pela compreensão e boa leitura!

 

Brandão – Muito Horrorshow!

 

No iPod toca: Donde Estas Corazon – Shakira

O tempo fora é de: muito gostoso.

Curtas I

Por João Guilherme Pires

–    Meu, cê num sabe quem eu peguei ontem!
–    Fala aí!
–    Lu-a-na Pi-o-va-ni.
–    Quê?
–    É malandro!
–    Como assim? Onde?
–    Numa festa de casamento.
–    Casamento de quem?
–    Dela e do Dado Dolabella.
–    Não brinca!
–    É, foi no finalzinho, eles já tinham terminado.

 

 

 





Planeta Terra 2008: The Jesus and Mary Chain

30 10 2008

Senhoras e senhores, meninos e meninas, com vocês The Jesus and Mary Chain!

 

País: Escócia

Ano de Origem: 1984

Site: www.thejesusandmarychain.org (fora do ar)

Integrantes: Jim Reid (voz), William Reid (guitarra e voz), Mark Crozer (guitarra), Phil King (baixo) e Loz Colbert (bateria).

Influências: Anos 60, Rock Alternativo, Noise Pop, Indie Rock e Pós-Punk.

Discografia:

         Psychocandy (1985)

           Sucessos: Never Understand, You Trip Me Up e Just Like Honey.

           Recepção da Crítica: Excelente. 5 estrelas de 5.

 

         – Darklands (1987)

           Sucessos: April Skies, Happy When It Rains e Darklands.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

        

         – Automatic (1989)

           Sucessos: Blues From a Gun e Head On

           Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

        

         – Honey’s Dead (1992)

           Sucessos: Reverence, Far Gone and Out, Sugar Ray e Almost God.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         Stoned & Dethroned (1994)

           Sucessos: Sometimes Always e Come On

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

        

– Munki (1998)

            Sucessos: Cracking Up e I Love Rock and Roll

            Recepção da Crítica: Boa. 3 estrelas de 5.

Curiosidade Horrorshow: a banda criada pelos dois irmãos Jim e William Reid, foi uma das percurssoras do estilo Shoegaze, estilo surgido nos anos 80 no Reino Unido. As bandas reconhecidas como integrantes do Shoegaze, são aquelas onde os integrantes parecem tocar em um mundo particular, sem muito se preocupar com o público. Praticamente um bando de tímidos tocando guitarras barulhentas.

Foto Horrorshow:

 

No iPod toca: Forever – Kiss

O tempo lá fora é de: Bem agradável. Deve estar gostoso.





Presidente Lula cai em pegadinha na Espanha

30 10 2008

O nosso presidente Lula caiu em uma pegadinha da televisão espanhola no período em que esteve visitando José Luis Zapatero, presidente da Espanha.

 

Há duas semanas, Lula atenciosamente atendeu aos gritos de uma brasileira que estava aguardando a sua entrada em um evento em Toledo. Dizem que a moça o perseguia durante todo o dia.

 

Ao educadamente de forma muito simpática cruzar a rua e atender os pedidos da Brasileira, Lula recebeu um presente (uma pelúcia de um desenho espanhol, um personagem que também se chamava Lula) e pegou o celular da moça. Ela dizia que o seu pai gostaria muito de falar com a Vossa Excelência.

 

Zapatero nem Lula e muito menos seus assessores sabiam que se tratava de uma pegadinha. Do outro lado da linha, um humorista famoso pelos lados de lá falava com o nosso presidente em um português carregado de espanhol. Sendo assim, trocaram uma breve conversa (menos de um minuto).

 

Nesse meio tempo, o presidente comemorou o Corinthians, mandou um abraço para o suposto pai e ainda de forma carinhosa, beijou a testa da falsa filha.

 

O vídeo? Só ver logo abaixo:

Não estou aqui para ser analista político ou expert em etiqueta frente a autoridades internacionais, mas eu gosto desse estilo de nosso presidente. Gosto dessa fuga dos padrões, dessa proximidade que ele tem com o povo brasileiro. Bem ao estilo de nosso país, a imagem que me passa é: “Pô, esse cara é gente boa!

 

Um beijo,

Itamar Franco

 

No iPod toca: Dr. Feelgood – Motley Crue

O tempo lá fora é de: bem agradável. Meio sol, meio nublado.





São Paulo em 1943!

29 10 2008

Pra quem mora em uma cidade como São Paulo, que estendeu os seus limites pra muito além da onde a sua vista alcança, é muito legal ter acesso a fotos e vídeos antigos.

 

Registros de uma época onde o glamour reinava em megalópoles como a que eu vivo. Momentos reservados que mostram uma cidade ainda com aquele jeitão de Europa dos trópicos, com moradores andando de terno e chapéu debaixo de um sol pra lá de escaldante.

 

E encontrar o vídeo que irei postar por aqui foi o motivo para liberar um sorriso no rosto e dizer em voz baixa: “Olha, devia ser gostoso viver em Sampa naquela época”.

 

Curtam o vídeo e reparem nos locais que você passa hoje em dia. Notem a enorme diferença. E, naquele almoço de domingo, façam pergunta aos seus avós. Duvido que eles não soltem também um sincero sorriso.

 

Vai lá:

Repararam no início do filme que os yankees listam as maiores cidades do país? Só não sabia que Bahia era uma cidade. Ê americanos, sempre dando as suas mancadas.

 

No iPod toca: Baby Suporte – Barão Vermelho

O tempo lá fora é de: não dá pra saber. Aqui dentro ta gostoso.





Planeta Terra 2008: 10.000 no seu Bolso!

29 10 2008

Vamos lá. Mais alguns pitacos sobre o Planeta Terra 2008.

Eu já tinha citado que a campanha para divulgação do Festival desse ano iria ser diferenciada. Seriam produzidos três filmes e somente o 1º seria veiculado na televisão, justamente o de menor duração.

Os outros dois, seriam alocados somente na rede mundial de computadores, conhecida como internet. Seriam primeiramente postados no blog oficial do festival e depois os blogs nomeados como embaixadores teriam a missão de divulgar os filmes. E eu sou um deles Brasil!

Os três filmes estão aí embaixo para vocês se divertirem. Mas o melhor rapaziada, é que o Terra vai dar 10.000 cruzeiros para quem produzir o melhor final para a história. Isso mesmo, 10.000 reais para o malucão que usar a cabeça e criar o melhor fechamento para o curta que o pessoal produziu.

Então se liga brou: assista os três filmes, coloque um cd do Offspring no mini system e elabore o seu roteiro. Depois é só convidar aqueles seus amigos que não tem mais nada pra fazer e filmar a sua história. Os 10.000 animaizinhos podem ser seus.

Os vídeos enviados serão avaliados por um júri composto por profissionais do Terra e da DM9, gente do mais alto escalão de nossa sociedade.

Participe! Mais tarde posto aqui o passo a passo de como você deve postar o seu vídeo.

Os filmes do Planeta Terra 2008:



 

Valeu!

Stanley Kubrick!

No iPod toca: Better Together – Jack Johnson

O tempo lá fora é de: calor gostoso!





Repercussão do Mc Donald’s!

29 10 2008

O post falando do sanduba envelhecido do Mc Donald’s (https://muitohorrorshow.wordpress.com/2008/10/28/mc-donalds-1996-ate-2008/) deu o que falar.

 

Foram mais de 1000 visitas em um único dia, gerando – até agora – 18 comentários espontâneos.

 

É claro que muito disso se deve ao link dado pelo amigo Merigo (www.twitter.com/cmerigo e www.brainstorm9.com.br), mas é bacana ver um tráfego tão intenso no Muito Horrorshow! Valeu rapaziada.

 

Nos vários comentários, muitos visitantes lembraram e citaram coisas muito engraçadas, além de interessantes!

O Daniel Campos (http://logobr.wordpress.com/) fuzilou: Meu Deus!!!
Alguém convença a minha namorada a não comer mais essas merdas!

A Laris (http://oivemca.wordpress.com/) admite: Sempre acreditei na eficácia de um tupperware!

A Thais (http://migranasdeltiempo.wordpress.com/) percebeu o que eu também percebi: Nossa, impressão ou o da esquerda tá até com aspecto melhor!?

O Luiz Silveira pensou no futuro dos homens: Alguém bota esse conservante na Ellen Roche!!

A Mary Anne no futuro das mulheres: caraca podiam desenvolver esse conservante em forma de renew, chronos esses antienvelhecimento pra pele e vender em potinhos ”mc pele” e promover o dia ”mc pele feliz”!!!!

O Rafaelmaro25 (http://area51.rg3.net/) lembrou do que eu já tinha esquecido: tinha um seriado no sbt que no primeiro episodio o cara come um sanduiche que tava esquecido debaixo da cama ele morre e vira anjo… lembrei agora o nome era “um anjo muito doido”
http://i207.photobucket.com/albums/bb191/willianch/ChamadaumanjomuitoDoido.jpg
quem topa provar o sanduba?

E o Ângelo está fazendo um experimento próprio, dessa vez em versão nacional: http://modafinil.wordpress.com/2008/09/26/vou-guardar-um-hamburger-por-10-anos/ . Vale a visita!

Muito obrigado a todos e voltem sempre!

Brandão – Muito Horrorshow!

No iPod toca: Man In The Mirror – Michael Jackson

O tempo lá fora é de: calor gostoso.





Planeta Terra 2008: Bloc Party

29 10 2008

Com vocês mais um breve perfil de uma das atrações do festival. Senhoras e senhores, o Bloc Party:

 

País: Inglaterra

Ano de Origem: 2003 como Bloc Party. 1999 como banda.

Site: www.blocparty.com

Integrantes: Kele Okereke (voz e guitarra), Russel Lissack (guitarra), Gordon Moakes (baixo) e Matt Tong (bateria).

Influências: Indie Rock, Art Rock, Pós-Punk

Discografia:

         Silent Alarm (2005)

           Sucessos: So Here We Are, Banquet, Helicopter, Pioneers e Two More Years.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

        

         – A Weekend In The City (2007)

           Sucessos: I Still Remember, The Prayer, Hunting for Witches e Flux.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

 

         – Intimacy (2008)

           Sucessos: o disco acabou de ser lançado e até agora dois singles foram trabalhados: Mercury e Talons.

           Recepção da Crítica: Muito Boa. 4 estrelas de 5.

Curiosidade Horrorshow: a banda tocou no VMB deste ano e decepcionou: fizeram playback, gerando sonoras vaias vindas da platéia. Não se sabe a razão do ocorrido, ficou apenas aquela sensação de vergonha alheia.

Foto Horrorshow:

No iPod toca: Whake me up Before you Go – Wham!

O tempo lá fora é de: calor gostoso.





Planeta Terra 2008: blogs e cartazes!

28 10 2008

Pessoal Horrorshow, voltando ao Planeta Terra, já era hora de listar todos os Blogs que são embaixadores do evento. Além do Muito Horrorshow, os blogs que são os encarregados de divulgar o festival são esses:

 

 

http://bloodypop.wordpress.com/ 

http://www.simviral.com/

http://indieoteca.blogspot.com/

http://casadanarcisa.wordpress.com/

http://www.meradoxa.com/

http://www.fonterosa.com/

http://lalai.net/

http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com/

http://popscene.blogsome.com/

http://cegossurdoseloucos.com/

http://www.interney.net/blogs/chiqueirochique/

http://olhometro.com/

http://www.puropop.blogspot.com/

http://rock-o-matic.blogspot.com/

http://www.tarjapreta.org/blog/

http://rockdeindio.com/fsp/

http://www.outrosolhos.com.br/

http://www.afestanuncatermina.com/

http://movethatjukebox.com/

http://azaroseuquerida.com/

http://indiecentmusic.com/

http://www.putzcaramba.blogspot.com

http://gomademascar.net

http://www.judao.com.br/

http://djbezzi.wordpress.com/

 

E pra quem se interessar, aí vão as artes de todos os cartazes do Festival.

 

 

É isso aí rapaziada, até a próxima!

 

Um beijo,

Brandão – Muito Horrorshow!

 

No iPod toca: Cotidiano – Chico Buarque

O tempo lá fora é de: nublado, porém agradável.