Os embalos da minha, da sua e da nossa infância.

9 06 2008

Talvez nada me faça lembrar mais da minha infância do que Trem da Alegria e Balão Mágico. Não pelo programa de TV do Balão, que não pude acompanhar, ou de discos comprados por mim, mas sim pelas músicas que sempre tocavam em casa.

 

Lembro que tínhamos lá nas gavetas do apartamento (que não moro mais), vinis e K7’s dos dois grupos. E as canções embalavam tardes de domingo e festinhas de aniversário. Sempre foi assim. Ainda bem.

 

Mas duas canções, por incrível que pareça, ouço até hoje e chego até a me emocionar quando as coloco pra tocar.

 

Uma é do Balão Mágico, que é o dueto entre Roberto Carlos e Simony e chama-se “É tão lindo”. Infantil, pura, feliz, positiva. Enfim, tudo o que uma criança precisa – assim eu penso. Vocês se lembram do refrão?

 

“É tão lindo

Deixa assim como está

E eu adoro, adoro

Difícil é a gente explicar

Que é tão lindo”

 

E a outra é do Trem da Alegria, que era o dueto entre Juninho Bill e Evandro Mesquita e chama-se “Fera Neném”. Talvez esse tenha sido o primeiro “rock” que eu tenha escutado e gostado. O refrão:

 

“Eu sou o fera,

fera neném.

Se eu for presidente,

Você vai se dar bem”

 

Aí embaixo vocês conferem o clipe da primeira música que eu citei, É tão Lindo. Aproveitem e boa nostalgia!

 

O Rei Roberto Carlos e Simony – É tão Lindo

 

Um beijo,

Patricia Marx

 

No iPod toca: Run Through The Jungle – CCR

O tempo lá fora é de: sol de outono.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: