A Tragédia na Fonte Nova

27 11 2007

fontenova

Neste último fim de semana, o Campeão Brasileiro de 1988, o Bahia, conquistou o seu retorno à série B do Campeonato Brasileiro para o ano de 2008, exatos 20 anos após sua maior conquista. Com um empate em 0x0 contra o Vila Nova de Goiás, o tricolor baiano volta a 2ª divisão do considerado melhor futebol do planeta. 

Mas o que era pra ser um verdadeiro carnaval em Salvador, tornou-se um episódio dramático para todos aqueles que estavam comemorando no estádio inaugurado em 1951. Momentos após o final da partida – ou minutos antes disso, ninguém sabe ao certo precisar – uma pequena parte da arquibancada superior do estádio ruiu. Foi o suficiente para que dezenas de torcedores despencassem de uma altura que equivale a cinco andares. A queda resultou em 6 mortos imediatos e 1 a caminho do hospital, além de diversos feridos. 

E mais uma vez, como é de praxe no nosso Brasil, esperamos a tragédia acontecer para que algo pudesse ser feito. E sendo assim, momentos depois o governador do estado da Bahia, Jaques Wagner, pediu a interdição da arena esportiva. Desde então, lemos, ouvimos e assistimos as notícias de que estudos e levantamentos não faltaram para decretar o estado de calamidade que o estádio se encontrava e ficamos sabendo também que uma promotora pediu a interdição do estádio desde 2006.  

E sendo assim eu me pergunto: em que estado um estádio tem que chegar, para que uma parte de sua arquibancada, simplesmente rompa e caia? Parecia aquelas casas de Lego que eu odiava brincar, porque era só exercer uma pressão um pouco mais forte que tudo vinha abaixo. Também vem a cabeça, a minha experiência em estádios. Lembro-me com clareza das várias vezes (não foram poucas) que senti o Morumbi, considerado como um dos mais bem cuidados do Brasil e com amortecedores muito modernos, simplesmente balançar freneticamente, imagino eu como deveria estar a Fonte Nova naquele momento.

O brasileiro continua brincando com fogo, nossos estádios continuam em estado deplorável, os torcedores continuam sendo tratados como gado e as pessoas continuam morrendo sem que nada seja feito. Dessa vez ouso-me até a poupar os mal falados dirigentes, porque, afinal, dessa vez o Estádio é público. Mas não deixo de culpar Ricardo Teixeira, que em quase 20 anos de mandato, não conseguiu com que nossas praças de jogo contivessem o mínimo de conforto e estruturas bem cuidadas e conservadas. É o mínimo que pode ser feito para que um jogo de futebol aconteça em um local desses.

Tempos atrás, li que o Governador Jaques Wagner solicitou a Ricardo Teixeira que a Fonte Nova fosse uma das sedes de um dos jogos do Brasil nas eliminatórias para 2010. Se meses antes a Fonte Nova era capaz de receber os Galáticos Amarelinhos, por que agora ela tem que ser implodida como andam dizendo? Ah, é verdade! Sete pessoas morreram nela. 

Mas a gente fala: “Não é possível que o estádio esteja em tão péssimas condições como andam falando”. Meu amigo, após ver as fotos no site do Lance! aqui: http://www.lancenet.com.br/galeriadefotos/fontenova/ senti até um embrulho no estomago. Aquilo ali devia ter sido fechado pela vigilância sanitária e não por Engenheiros. Perto da Fonte Nova, a quadra da minha faculdade é o novo Wembley! 

Enfim, não vou nem me concentrar nos demais assuntos que circundam o da Tragédia. Sinto pena. Pena pelas vítimas, pena pelas famílias e pena pelo futebol. O melhor futebol do mundo poderia ter passado ileso dessa. Mas também não sou radical em dizer que a confirmação do Brasil como sede balançou. A França passou por caso parecido em 1992, 6 anos antes da Copa de 98. E a Copa foi um sucesso. 

Uma boa sorte a todos nos seus próximos jogos em estádios brasileiros!Já não bastasse a comida de origem duvidosa, os banheiros em péssimo estado e a violência generalizada, agora temos que tomar cuidado para não cairmos enquanto comemoramos uma vitória. 

Um beijo.

No iPod toca: Billie Jean – Michael Jackson

O tempo lá fora é de: fim de tarde nublado.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: